07
Set 10

 

 

 

"Girl with a Pearl Earring" - 2003

 

SINOPSE
Um dos quadros mais amados de sempre é um mistério. Pouco se sabe sobre a sua real inspiração. Isto porque a vida do seu criador, o holandês Johannes Vermeer, é envolta num grande mistério. Quem é a modelo e porque foi pintada? O se olhar, e enigmático sorriso será inocente ou sedutor? E porque usa ela um brinco de pérola?

Holanda, 1665. Depois de o pai ficar cego devido a uma explosão, a jovem Griet vê-se obrigada a trabalhar para sustentar a família. Com apenas 17 anos, torna-se criada na casa de Johannes Vermeer, um pintor cuja atenção se começa a voltar para a jovem Griet. Apesar das diferenças dos dois mundos, Vermeer leva-a para o mundo da arte, e ela torna-se sua musa...

Uma bela e comovente hisória, baseada no Bestseller de Tracy Chevalier. Para escrever este romance, a escritora inspirou-se num dos quadros mais famosos do pintor Johannes Vermeer, "Girl with a Pearl Earring".

 

REALIZADOR
Peter Webber

INTÉRPRETES
Colin Firth, Scarlett Johansson, Tom Wilkinson, Judy Parfitt, Cillian Murphy, Essie Davis, Joanna Scanlan, Alakina Mann, Chris McHallem, Gabrielle Reidy, Rollo Weeks.

 


 

 

Trailer

 

 

 

 

Adorei! Ansiosa por ler o livro, que já está na estante.

 

 


16
Jul 10

Infelizmente, nos últimos tempos não ando muito virada para o cinema. O último filme que fui ver foi O Sexo e a Cidade 2.

 

Fantástico, como seria de esperar!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por wandinha às 01:19

26
Mai 10

2009

 

Realização:
Quentin Tarantino

Intérpretes:
Brad Pitt, Mélanie Laurent, Christoph Waltz, Eli Roth, Diane Kruger, Samuel L. Jackson, Mike Myers

Sinopse
Shoshanna Dreyfus (Mélanie Laurent) assiste à execução da sua família, directamente pelas mãos do Coronel nazi Hans Landa (Christoph Waltz). No entanto, ela consegue fugir para Paris e começar de novo, com uma identidade falsa e dona de um cinema. Entretanto, na Europa, o Tenente Aldo Raine (Brad Pitt) organiza um grupo de soldados judeus, orientado para atacar alvos localizados: os Bastardos. Juntamente com uma actriz alemã e agente infiltrada, de seu nome Bridget von Hammersmark (Diane Kruger), eles planeiam derrubar o Terceiro Reich. Os destinos convergem todos para o cinema onde Shoshanna planeia a sua própria vingança.

 

Trailler:

 

 

 

 

 

[2010] Ganhou o Oscar: Best Performance by an Actor in a Supporting Role "Christoph Waltz"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Editing "Sally Menke"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Robert Richardson"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Motion Picture of the Year "Lawrence Bender"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Sound "Michael Minkler" "Tony Lamberti" "Mark Ulano"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Directing "Quentin Tarantino"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Writing, Screenplay Written Directly for the Screen "Quentin Tarantino"
[2010] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Sound Editing "Wylie Stateman"

 

ESPECTACULAR!

 

publicado por wandinha às 12:56

11
Fev 10

Pride & Prejudice

 

 

Realização: Joe Wright


Interpretação: Keira Knightley, Talulah Riley, Matthew MacFadyen

 

Adaptação de um dos maiores clássicos da literatura do século XIX, "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen, realizado por Joe Wright, conta a história das irmãs Bennet, cinco irmãs de uma família inglesa remediada que os pais sonham casar. Quando um solteirão rico se muda para uma mansão perto dos Bennet, todas as irmãs ficam em alvoroço, até porque, no meio do sofisticado círculo de amizades dele, haverá certamente outros pretendentes. Mas um deles, o atraente e snob Mr. Darcy, vai dar luta às irmãs.

 

 

 

Palavras para quê, um dos meus filmes favoritos de sempre!

 

 

 


La Finestra di Fronte

2003

 

Realização: Ferzan Ozpetek

Intérpretes: Giovanna Mezzogiorno, Massimo Girotti, Raoul Bova

 

Giovanna está casada com Filippo, um marido dedicado, e é responsável por toda a família. Trabalha como contabilista numa fábrica de produção alimentar, faz bolos para o café do bairro e toma conta das crianças. Quando o marido leva para casa um velho com amnésia, emergem as suas frustrações provocadas pela rotina de vida. Irritada com a apatia do marido, Giovanna vai projectar as suas fantasias no belo e misterioso vizinho da frente que observa através da janela e que volta a dar sabor à sua vida.

 

 

Esta belíssima música faz parte da banda sonora do filme:

 

 

Um belo drama italiano cheio de sensibilidade. Adultério, homoxexualidade, a 2ª Guerra Mundial, o Holocausto, são alguns dos temas bem explorados neste filme, com uma interpretação fantástica do falecido actor Massimo Girotti.

Defino este filme como pleno em conteúdo e beleza. Gostei muito.

 

 


09
Jan 10

Becoming Jane

2007

 

Realização: Julian Jarrold

Intérpretes: Anne Hathaway, James McAvoy, Julie Walters, Maggie Smith, James Cromwell

 

Sinopse

Jane Austen (Hathaway) acredita no amor. Os seus pais (Walters e Cromwell) pretendem que ela case por dinheiro e na Inglaterra de 1795 essa é a entrada, no mundo, para uma jovem mulher. Mas quando a rapariga de 20 anos conhece o jovem encantador irlandês, Tom Lefroy (McAvoy), a sua inteligência e arrogância despertam a curiosidade de Jane e o seu mundo vira-se de pernas para o ar. Poderá Jane dar-se ao luxo de rejeitar a oferta do sobrinho de Lady Gresham (Smith), opor-se à autoridade dos pais e desafiar as convenções sociais?

 

Trailer:

 

 

“O filme podia confundir-se como qualquer das versões dos livros da escritora, tanto na recriação da atmosfera como na captura dos movimentos e reacções das personagens, mas vale principalmente pelo magnífico elenco”

Manuel Cintra Ferreira, Expresso

 

publicado por wandinha às 02:29

03
Jan 10

2009

 

Realização: Alejandro Amenábar

Intérpretes: Rachel Weisz, Max Minghella, Oscar Isaac

Sinopse:

Século IV. No Egipto, sob o poder do Império Romano, violentos confrontos sociais e religiosos invadem as ruas de Alexandria... Presa entre paredes, sem poder sair da lendária livraria da cidade, a brilhante astrónoma, Hypatia, com a ajuda dos seus discípulos, faz tudo para salvar os documentos da sabedoria do Antigo Mundo... Entre os discípulos, encontram-se dois homens que disputam o seu coração: o inteligente e privilegiado Orestes e o jovem Davus, escravo de Hypatia, dividido entre o amor secreto que nutre por ela e a liberdade que poderá ter ao juntar-se à imparável vaga de Cristãos.

 

Trailer:

 

 

OPINIÃO:

Um grande épico que retrata as batalhas sangrentas ocorridas na capital egípcia entre o Cristianismo e um mundo antigo que se desmoronava. Nesta altura perdeu-se a primeira autêntica biblioteca, A Grande Biblioteca de Alexandria. Um filme totalmente recomendado.

 

 

 

Curiosidade:


1300 anos depois da sua destruição,a Biblioteca de Alexandria, no Egipto, nasce novamente.

 

 

A Biblioteca de Alexandria foi uma das maiores bibliotecas do mundo e localizava-se na cidade de Alexandria. Considera-se que tenha sido fundada no início do século 3 a.C. durante o reinado de Ptolomeu II do Egipto após o seu pai ter construído o Templo das Musas (Museum). É atribuída a Demétrio de Falero a sua organização inicial. Uma nova biblioteca foi inaugurada em 2003, próxima ao sítio da antiga. Estima-se que a biblioteca tenha armazenado mais de 400.000 rolos de papiro, podendo ter chegado a 700.000. Foi destruída parcialmente inúmeras vezes, até que em 646 foi queimada por completo pelos árabes.Vinham pesquisadores e estudiosos dos dois hemisférios para ter contacto com os sábios ali sitiados, como Hipátia, ou com outros também de passagem.

 

Cidade de Alexandria:

 

Foi fundada por Alexandre, o Grande, no ano 331 a.C. e rapidamente se desenvolveu a ponto de se converter no centro cultural do mundo antigo. Tornou-se parte do Império Romano em 30 a.C.. Tinha cerca de 300 mil cidadãos e uma população total de 750.000 habitantes nessa época, o que a tornou a segunda maior cidade do mundo depois de Roma. Tinha um porto gigante para a época com a maior capacidade de volume de comércio do mundo.

Foi conquistada pelos
árabes em 642, que mudaram a capital do Egipto para o Cairo em 969, acelerando a decadência da cidade, já iniciada devido ao assoreamento dos canais de ligação ao Nilo. No início do século XIX tinha apenas 4 mil habitantes. A prosperidade voltou depois da construção de um canal de ligação ao Nilo em 1819, tornando-se uma cidade cosmopolita, com grande percentagem de população estrangeira.

 

Fonte 


16
Nov 09

Duplicity

2009

 

Realização
Tony Gilroy

Intérpretes
Julia Roberts, Clive Owen, Tom Wilkinson, Paul Giamatti

Sinopse

A agente da CIA Claire Stenwick (Julia Roberts) e o agente da MI6 Ray Koval (Clive Owen) trocaram o mundo da espionagem governamental pela bem mais lucrativa guerra-fria entre duas corporações multinacionais rivais. A sua missão: proteger a fórmula de um produto que trará fortuna a quem a patentear primeiro. Para os seus patrões não há limites. Quando o que está em jogo começa a escalar, ninguém sabe quem está a a enganar quem, e o maior problema entre Claire e Ray é a sua crescente atracção...

 

 

OPINIÃO:

Um thriller com um fraco argumento, confuso e com períodos muito parados, só no final se torna um pouco mais interessante. Não gostei, e nem a participação de um actor que gosto particularmente, Clive Owen, me animou.

2/5 

 

publicado por wandinha às 19:56

"The Crucible" 1996

 

SINOPSE


Um Conto Intemporal de Arthur Miller Sobre o Julgamento da Verdade.

 

AS BRUXAS DE SALÉM é uma obra cinematográfica crítica, intrigante e repleta de suspense protagonizada pelo vencedor de um Prémio da Academia, Daniel Day-Lewis (O Meu Pé Esquerdo, 1989) e a duas vezes nomeada para Prémio da Academia Winona Ryder (A Idade da Inocência, 1993 e Mulherzinhas, 1994). Juntos e com excelentes interpretações de todo o restante elenco, esta é a poderosa história de paixão, ciúme, paranóia, traição e o demónio trazido para a vida neste filme repleto de emoções fortes. Baseado numa das grandes peças do século vinte, As Bruxas de Salém tem lugar em 1692 no estado de Massachusetts. Numa pequena comunidade puritana onde a vida é dedicada ao serviço a Deus, algumas raparigas adolescentes são encontradas nos bosques e acusadas de fazerem o trabalho de "demónio". Enquanto o tempo passa a vila vai testemunhando mais actos de bruxaria. Uma a uma as vítimas dessa histeria em massa vêm as suas vidas e as suas famílias completamente destruídas.

REALIZADOR
Nicholas Hytner

INTÉRPRETES
Daniel Day-Lewis, Winona Ryder, Paul Scofield, Joan Allen, Bruce Davison, Rob Campbell, Jeffrey Jones, Peter Vaughan, Karron Graves, Charlayne Woodard, Frances Conroy, Elizabeth Lawrence, George Gaynes, Mary Pat Gleason, Robert Breuler, Rachael Bella.

 

3/5 

 

publicado por wandinha às 15:04

01
Nov 09

2002

 

Realização: Pedro Almodóvar

Intérpretes: Leonor Watling, Darío Grandinetti, Javier Cámara,Paz Vega

 

Sinopse

Depois de um mero encontro no teatro, dois homens, Benigno Martín (Javier Cámara) e Marco Zuluaga (Darío Grandinetti), encontram-se numa clínica privada onde Benigno trabalha. Lydia González (Rosario Flores), namorada de Marco, é toureira de profissão e sofre um acidente durante uma corrida ficando em coma. Acontece que Benigno cuida de uma outra mulher em coma, Alicia (Leonor Watling), uma jovem bailarina estudante. A vida destas quatro personagens correrão em todas as direcções, passado, presente e futuro, arrastando-as todas a um destino surpreendente.

 

 

OPINIÃO:

Este filme é uma das suas obras-primas, encantador, intenso, cheio de sensibilidade. A minha parte preferida do filme é o momento que Caetano Veloso canta para um pequeno grupo de pessoas, foi mágico. Muito bom, vale mesmo a pena ver.

4/5

 

publicado por wandinha às 17:25

Un Long Dimanche de Fiançailles

2004

 

Realização: Jean-Pierre Jeunet

Intérpretes: Audrey Tautou, Gaspard Ulliel, Jean-Pierre Becker,Marion Cotillard,Jodie Foster

 

Sinopse

Em 1919, Matilde tem 19 anos. Dois anos antes, o seu noivo Manech partiu para a guerra. Como milhões de outros ele foi “morto no campo de batalha”. Isto está escrito preto sobre branco no aviso oficial. No entanto, Matilde recusa-se a aceitar esta evidência. Se Manech estivesse morto, ela saberia! Ela agarra-se à sua intuição como se fosse o último fio ténue que a liga ao seu amante e lança-se numa contra-investigação. Entre falsas esperanças e incertezas, ela vai desvendar pouco a pouco a verdade sobre o destino de Manech.

 

 

OPINIÃO:

 

Sem a grande genialidade do filme "O fabuloso destino de Amélie", que achei simplesmente fantástico, mantêm-se aqueles pormenores deliciosos, característicos da forma única de realizar de Jean-Pierre Jeunet. Sem dúvida, um excelente filme que merece ser visto sem reservas. Tornei-me fã deste realizador e a apreciar muito as interpretações de Audrey Tautou.

 

 3/5 

 


The Devil Wears Prada

2006

 

Realização: David Frankel

Intérpretes: Meryl Streep, Anne Hathaway, Emily Blunt,Stanley Tucci

Sinopse

Andrea Sachs (Hathaway) é um jovem recém-licenciada que consegue um trabalho de sonho - ser assistente da Miranda Priestly (Streep), a reputada editora de moda da revista Runway e a mais poderosa mulher do mundo da moda. Mas a implacável editora faz-lhe a vida negra, atribuindo-lhe tarefas que pouco têm a ver com a revista. Valerá a pena trabalhar para um diabo que veste Prada?

 

Adaptação do livro

Weisberger, Lauren, "Devil Wears Prada, The", 2003

 

 

OPINIÃO:

Mais um filme que não me cativou, apesar da interpretação de Meryl Streep, uma actriz que aprecio particularmente.

Um argumento demasiado previsível, uma cinderela dos tempos modernos com muitas futilidades à mistura.

 2/5 

 


21
Out 09

2007

 

Realização : Richard LaGravenese


Intérpretes:
Hilary Swank, Gerard Butler, Gina Gershon, James Marsters, Lisa Kudrow, Kathy Bates

Sinopse

Holly Kennedy (Swank) é atraente, inteligente e casada com o amor da sua vida - Gerry (Butler), um impetuoso e divertido irlandês. Quando uma doença tira a vida a Gerry, Holly fica em estado de choque. A única pessoa que a pode ajudar é aquela que já não está com ela. Ninguém conhecia Holly como Gerry, e por isso antes de morrer ele escreveu uma série de cartas. Cada carta, que vai chegando até Holly de forma inesperada, ajuda-a a ultrapassar o luto e a redescobrir-se, terminando sempre com um "P.S. I Love You". Os familiares e amigos receiam que as cartas não deixem Holly esquecer o passado mas, para ela, as palavras de Gerry servem de guia para uma tocante e hilariante viagem de redescoberta do seu casamento.

 

Adaptação do livro

Ahern, Cecelia, "P.S., I Love You", 2004

 

Trailer:

 

 

OPINIÃO:

 

Já tinha estado várias vezes com este filme na mão, para o alugar no clube de vídeo, mas desistia sempre pois parecia-me banal e sem grande interesse, pois não sou grande apreciadora deste género de filmes.

Digamos que foi uma agradável surpresa, é um filme com uma história original e bastante cativante. Gostei.

 

 3/5   

 


13
Out 09

Los Abrazos Rotos

2009

Realização: Pedro Almodóvar

Intérpretes: Penélope Cruz, Rubén Ochandiano, Blanca Portillo

 

Sinopse

 

Um homem escreve, vive e ama na escuridão. Catorze anos antes, foi vítima de um brutal choque automóvel, na ilha de Lanzarote. No acidente, não só perdeu a vista como também Lena, o amor da sua vida. Este homem usa dois nomes: Harry Caine, um pseudónimo com que assina os seus trabalhos literários, histórias e argumentos para cinema, e Mateo Blanco, o seu verdadeiro nome, com o qual vive e assina os filmes que dirige. Depois do acidente, Mateo Blanco reduz-se a si próprio ao seu pseudónimo, Harry Caine. Se não pode realizar mais filmes, só consegue sobreviver com a ideia de que Mateo Blanco morreu em Lanzarote com a sua amada Lena. Nos dias de hoje, Harry Caine vive graças aos argumentos que escreve e à ajuda da fiel e antiga produtora, Judit García, e do filho desta, Diego, o seu secretário, escrivão e guia. Desde que decidiu viver e contar histórias, Harry é um cego activo e atraente, que desenvolveu todos os outros sentidos para melhor gozar a vida, na base da ironia e da amnésia selectiva. Ele apagou da sua biografia todos os traços da sua primeira identidade, Mateo Blanco. Uma noite, Diego tem um acidente e Harry toma conta dele, já que Judit está fora de Madrid e os dois decidem não a avisar, para não a alarmar. Durante as primeiras noites de convalescença, Diego pergunta-lhe pelo tempo em que respondia pelo nome de Mateo Blanco. Depois de um momento de surpresa Harry não consegue recusar e conta a Diego o que aconteceu catorze anos antes, da mesma forma que um pai conta a um filho uma história para adormecer...

 

Trailer

 

 

Bem ao nível que Almodóvar nos habituou. Excelente como sempre.

 

4/5

publicado por wandinha às 23:00

2 Days in Paris

2007

 

Realização:Julie Delpy

Intérpretes: Julie Delpy, Adam Goldberg, Daniel Brühl

 

Sinopse

 

Para a fotógrafa francesa Marion (Delpy) e o designer de interiores americano Jack (Goldberg), as férias na Europa deveriam servir para trazer algum romance de volta ao casal. Mas a semana em Veneza não correu como planeado. A comida não era do agrado de Jack e Marion esteve tão ocupada a capturar a paisagem na sua câmara que se esquecem de usufruir da experiência. Agora as suas esperanças voltam-se para Paris... conseguirão eles salvar a sua relação?

 

Trailer

 

 

Um filme ligeiro, não me cativou.

1/5 

publicado por wandinha às 22:03

10
Out 09

Le Fabuleux destin d'Amélie Poulain

2001

 

Realização: Jean-Pierre Jeunet

Intérpretes: Audrey Tautou, Mathieu Kassovitz, Rufus

 


Sinopse

Não é feliz a vida de Amélie. A mãe morreu no adro da Catedral de Notre-Dâme e o pai transferiu todo o seu afecto para um anão de jardim. Aos 22 anos, empregada de mesa em Montmartre, Amélie decide reparar a vida dos outros. Eis algumas das suas vítimas: a porteira, que chora pelo seu marido desaparecido, a hipocondríaca Georgette, e o "homem de vidro", eterno falsificador de Renoir. Um dia, Amélie conhece Nino. Empregado em "part-time" num combóio fantasma e numa sex-shop, é um coleccionador de fotografias abandonadas à volta das Photomatons. O jogo das escondidas vai começar...

 

Trailer:

 

 

48 Prémios e 54 Nomeações

 

OPINIÃO:

 

Cada vez mais estou rendida ao cinema francês.

Este filme é absolutamente delicioso, mágico, especial. Uma obra-prima!

A banda sonora de Yann Tiersen é simplesmente fabulosa.

 

 

4/5

publicado por wandinha às 02:25

04
Out 09

2004

 

Realização:  Mike Nichols

Intérpretes: Julia Roberts, Jude Law, Natalie Portman, Clive Owen, Nick Hobbs, Colin Stinton

 

Sinopse

Uma inteligente, romântica e perigosa história de amor sobre encontros, atracções esporádicas e traições brutais. Perto Demais é a irreverente visão do aclamado realizador Mike Nichols, sobre quatro estranhos - Julie Roberts, Jude Law, Natalie Portman e Clive Owen - com um único elo em comum: eles mesmos. Adaptado por Patrick Marber, a partir da sua premiada peça teatral homónima, este filme desvenda o lado mais obscuro das relações modernas.

 

"DE UM EROTISMO VIBRANTE, DIVERSÂO PERVERSA e INTERPRETAÇÕES DINÂMICAS, PERTO DEMAIS É UM TRIUNFO!" - Peter Travers, ROLLING STONE

 

"FINALMENTE, UMA HISTÓRIA DE AMOR PARA ADULTOS." - TIME

 

 

TRAILER:

 

 

Adaptação do livro

Marber, Patrick, "Closer", 1997

 

OPINIÃO:

Um filme com um excelente elenco, com um argumento muito bom. Adorei a interpretação dos actores, Natalie Portman, Jud Law eClive Owen estão fantásticos. Para não falar da banda sonora do filme...linda! Para ver e rever...um dos meus filmes favoritos.

 

PRÉMIOS:

 

[2005] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actress in a Supporting Role "Natalie Portman"
[2005] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actor in a Supporting Role "Clive Owen"

 

4/5


2006

 

Realização: Pedro Almodóvar

Intérpretes:Penélope Cruz, Carmen Maura, Lola Dueñas, Blanca Portillo

 

Sinopse

Três gerações de mulheres sobrevivem ao vento quente, ao fogo, à loucura, à superstição, e até mesmo à morte, à base de bondade, de mentiras e de uma vitalidade sem limites. São elas Raimunda (Cruz), casada com um operário a viver do subsídio de desemprego e uma filha adolescente (Cobo), Sole (Lola Dueñas), a sua irmã, que ganha a vida como cabeleireira, e a mãe de ambas (Maura), morta num incêndio, juntamente com o marido. O fantasma da mãe regressa à terra para ajudar primeiro a sua irmã (Lampreave) e depois a Sole, embora com quem tenha deixado importantes assuntos pendentes tenha sido com Raimunda e com a sua vizinha da aldeia, Agustina (Portillo). Tudo isto é só o início de uma história tão complexa quanto simples, tão comovente quanto terrível.

 

TRAILER:

 

 

OPINIÃO:

Mais um grande filme de Almodovar, com uma excelente interpretação de Penelope Cruz.

Adorei o filme.

 

PRÉMIO:

 

[2007] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actress in a Leading Role "Penélope Cruz"
 

4/5

publicado por wandinha às 02:13

No Country for Old Men

2007

 

Realização: Ethan Coen, Joel Coen

Intérpretes:  Tommy Lee Jones, Javier Bardem, Josh Brolin, Woody Harrelson

 

Sinopse

Texas, década de 80. Um traficante de drogas é encontrado no deserto por um caçador pouco esperto, Llewelyn Moss (Josh Brolin), que pega numa mala cheia de dinheiro mesmo sabendo que em breve alguém irá procurá-lo por isso. Logo Anton Chigurh (Javier Bardem), um assassino psicótico sem sentido de humor e piedade, é enviado à sua procura. Porém, para alcançar Moss, ele precisará de passar pelo xerife local, Ed Tom Bell (Tommy Lee Jones).

 

Trailer:

 

 

Adaptação do livro:

 

McCarthy, Cormac, "No Country for Old Men", 2005

 

A crítica

 

“Eis a consagrada obra dos irmãos Coen, vencedora de quatro Óscares da Academia de Hollywood naquela que foi a mais fraca cerimónia, em termos da qualidade dos nomeados, de que tenho memória.

 

«Este País Não é Para Velhos» aborda o tópico violência e o seu lugar na actual sociedade, com um confronto entre personagens cujos ideais e filosofias de sobrevivência pautam-se por caprichos de ordem puramente individualista.

 

Este é um excelente ponto de partida para reflectir sobre a natureza humana e sobre o individualismo que habita no paradoxal projecto que é a Aldeia Global.

 

Mas não obstante o bom argumento e das soberbas interpretações de Javier Bardem e Josh Brolin serem matéria de antologia, fica-se por um lado com a sensação de show off e por outro com uma acção estrangulada pelas intelectualizações que tenta desesperadamente transmitir.”


Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

 

“O melhor filmes dos Coen desde FARGO, é aquele que revela o melhor do seu cinema”
Tiago Alves, Jornal de Notícias

 

“(...) perfeita gestão do ritmo narrativo, da tensão dramática e das figuras de estilo.”
Vasco Baptista Marques, Expresso

 

“(...) o melhor filme de Joel e Ethan Coen desde FARGO (...) um empolgante filme-perseguição na paisagem mítica do western, que também uma meditação pessimista sobre a crescente impotência do bem ante o mal.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias

 

“(...) um marco na brilhante carreira dos irmãos Coen. Ainda que seja uma fidelíssima adaptação do livro homónimo de Cormac McCarthy, os ingredientes do texto original encaixam na perfeição as idiossincrasias do universo 'Coenesco'”
Ana Markl, Sol

 

Um GRANDE filme.

 

PRÉMIOS:

 

[2008] Ganhou o Oscar: Best Motion Picture of the Year "Scott Rudin" "Ethan Coen" "Joel Coen"
[2008] Ganhou o Oscar: Best Writing, Screenplay Based on Material Previously Produced or Published "Joel Coen" "Ethan Coen"
[2008] Ganhou o Oscar: Best Achievement in Directing "Ethan Coen" "Joel Coen"
[2008] Ganhou o Oscar: Best Performance by an Actor in a Supporting Role "Javier Bardem"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Editing "Ethan Coen" (as Roderick Jaynes) "Joel Coen" (as Roderick Jaynes)
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Sound Editing "Skip Lievsay"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Roger Deakins"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Sound "Skip Lievsay" "Craig Berkey" "Greg Orloff" "Peter F. Kurland"
 

3/5


 

2003

 

Realização: Jorge Furtado

Intérpretes: Lázaro Ramos, Leandra Leal, Luana Piovani

Sinopse

 

André tem 20 anos e trabalha com uma fotocopiadora numa livraria em Porto Alegre. Gosta de Sílvia, uma rapariga de 18 anos que estuda à noite e trabalha numa loja de roupa. André precisa desesperadamente de 38 reais para comprar um lenço e salvar a vida de Sílvia. E é aí que começam os seus problemas...

 

Trailer:

 

 

OPINIÃO:

Adorei este filme, já o vi há algum tempo, por acaso, e foi uma optima escolha!

Tem um argumento excelente, recheado de promenores interessantes, de uma ingénua simplicidade, que torna o filme fantástico.

Gostei muito da interpretação de Lázaro Ramos.

Recomendo!!

 

3/5

publicado por wandinha às 01:20

28
Set 09

 

2008

 

Realização:Ethan Coen, Joel Coen

Intérpretes:
Brad Pitt, George Clooney,J ohn Malkovich, Tilda Swinton, Richard Jenkins, Frances McDormand

 

Sinopse

No quartel general da CIA, na Virginia, o analista Osborn Cox (John Malkovich) acaba de ser despedido. Osborn não aceita a notícia de forma particularmente pacífica; já a sua esposa Katie (Tilda Swinton) fica possessa, embora não particularmente surpreendida - ela já planeava deixá-lo para se juntar ao marshal Harry Pfarrer (George Clooney). Entretanto, nos subúrbios de Washington D.C., Linda Litzke (Frances McDormand), funcionária do ginásio Hardbodies, não se consegue concentrar no trabalho - vive obcecada pelo objectivo de fazer uma cirurgia plástica. Quando um CD com as memórias de Osborn aparece perdido no ginásio, Linda e o seu colega Chad (Brad Pitt), decidem chantagear o analista para financiar a operação...

 

Trailer:

 

 

A Crítica:

 

“(...) o resultado, entre o thriller e a comédia, é excepcional.”
Marco Oliveira, Premiere

“Os manos Coen regressam com um divertimento doido varrido”
Francisco Ferreira, Expresso

 

“(...) uma intriga policial, grotesca e surreal, que caminha para um labirinto de equívocos e situações cruzadas, hilariantes e desconcertantemente violentas, algo em que os Coen são exímios mestres.”
José Vieira Mendes, Premiere

 

“Para além do rigor milimétrico da «mise-en-scène», tudo passa por uma maravilhosa tribo de actores”
João Lopes, Notícias Sábado

 

“(...) o que sobra a DESTRUIR DEPOIS DE LER em personagens imbecis falta-lhe em coesão, parecendo demasiado escrito para os "números" dos actores.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias

 

“(...) não é um clássico que vá ficar como um dos melhores filmes [dos Coen], mas que é melhor do que a maior parte da crítica dá a entender.”
Jorge Mourinha, Público

 

 

OPINIÃO:

 

 

Mais uma excelente comédia bem ao estilo dos irmãos Coen, com excelentes actores que aprecio particularemente.

 

Gostei especialmente da interpretação de Brad Pitt neste filme.

 

Quem aprecia os Coen um filme a ver obrigatoriamente.

 

3/5

publicado por wandinha às 14:56

08
Set 09

2003

 

Realização: Quentin Tarantino

Intérpretes: Uma Thurman,Lucy Liu,Vivica A. Fox,Daryl Hannah,David Carradine,Michael Madsen,Samuel L. Jackson

 

Sinopse

"Bride" (Thurman) pertencia a um grupo de assassinas profissionais até ao dia em que decidiu desistir, assumir nova identidade e casar. No dia do seu casamento, no entanto, o seu chefe - Bill (Carradine) - aparece e dá-lhe um tiro na cabeça, deixando-a em coma. Quatro anos depois, "Bride" acorda e vai procurar vingança.

 

Trailer:

 

 

Kill Bill é o quarto filme de Quentin Tarantino.

Originalmente concebido como um único filme, foi lançado em dois volumes (Kill Bill: Volume 1 no outono de 2003 e Kill Bill: Volume 2 na primavera de 2004), devido à sua duração de aproximadamente quatro horas.

O filme é um drama fictício de vingança, que homenageia antigos gêneros, tais como filmes antigos asiáticos de Kung fu, filmes japoneses de samurai, western spaghettiitaliano, trash, anime, uma grande referência à música popular e cultura pop, e alta violência deliberada.

 

 

Prémios

 

Cada filme foi indicado ao Globo de Ouro. Uma Thurman recebeu uma indicação para Melhor Atriz - Drama em 2004 e em 2005 por seu trabalho no Volume 1 e Volume 2. David Carradine recebeu uma indicação para Melhor Ator Coadjuvante em 2005 pelo Volume 2. O filme foi muito popular no MTV Movie Awards. No MTV Movie Awards de 2004, Uma Thurman venceu Melhor Atriz pelo Volume 1, Lucy Liu venceu Melhor Vilão no Volume 1 e a luta entre A Noiva e Gogo Yubari venceu Melhor Luta. No MTV Movie Awards de 2005, Kill Bill Vol.2 foi indicado para melhor filme, Thurman foi indicada para melhor atriz, e a luta entre A Noiva e Elle Driver também ganhou Melhor Luta. Uma Thurman também recebeu um Saturn Award por sua atuação no Volume 1.

 

Música

 

Como acontece em filmes de Tarantino, Kill Bill apresenta uma trilha sonora eclética, composta de muitos gêneros musicais. Nas duas trilhas sonoras, as músicas variam de música country para seleções de spaghetti western pontuada por Ennio Morricone. O tema de Bernard Herrmann do filme Twisted Nerve é assobiado pela temível Elle Driver na cena do hospital. Quando A Noiva entra na Casa das Folhas Azuis, o grupo go-go The 5.6.7.8's toca "I Walk Like Jayne Mansfield", "I'm Blue" e "Woo Hoo". A conexão com Lady Snowblood é ainda estabelecida pelo uso de "The Flower of Carnage" no tema final do filme. Em geral as músicas de ambos os volumes apresentam um ritmo pesado de deixar arrepiado que combina muito com o filme o que também justifica o fato da trilha sonora ter sido tão aclamada e considerada por muitos uma das melhores dos últimos tempos.

 

 

 

Fantástico!

A trilha sonora é qualquer coisa, ando à procura para comprar, se alguém souber onde está disponível para venda, por favor avise!

 

PRÉMIOS:

 

[2004] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Performance by an Actress in a Leading Role "Uma Thurman"
[2004] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Achievement in Special Visual Effects "Tommy Tom" Kia Kwan Tam "Wai Kit Leung" Jaco Wong Hin Leung
[2004] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Sound "Michael Minkler" "Myron Nettinga" "Wylie Stateman" "Mark Ulano"
[2004] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Editing "Sally Menke"
[2004] Nomeado ao Anthony Asquith Award for Film Music: "RZA"

 

4/5


07
Set 09

The Other Boleyn Girl

2008

 

Realização: Justin Chadwick

Intérpretes :Natalie Portman, Scarlett Johansson, Eric Bana, Jim Sturgess, Kristin Scott Thomas

 

Sinopse

Duas irmãs, Ana (Natalie Portman) e Maria (Scarlett Johansson) Bolena, são manipuladas pelos seus ambiciosos pai e tio para reforçar o poder e status da família, através da conquista dos favores do Rei de Inglaterra (Eric Bana). Abandonando a simplicidade da vida no campo, as duas irmãs entram na perigosa e excitante vida da corte e, o que começara por ser uma iniciativa para ajudar a família, transforma-se numa rivalidade impiedosa entre Ana e Maria pelo amor do Rei. Inicialmente, Maria ganha os favores do Rei Henrique e torna-se sua amante, dando-lhe dois filhos ilegítimos. Mas Ana, esperta, intriguista e destemida, consegue afastar tanto a sua irmã como a mulher do Rei, a Rainha Catarina de Aragão, na sua incessante perseguição ao Rei. Embora os sentimentos de Maria por Henrique sejam genuínos, a sua irmã Ana tem os olhos postos no grande prémio - ela não descansará até ser Rainha de Inglaterra. Enquanto as irmãs Bolena lutam pelo amor do Rei - uma levada pela ambição, outra pela afeição genuína - a Inglaterra divide-se. Apesar das dramáticas consequências, as irmãs acabam por descobrir força e lealdade uma na outra e, para sempre, permanecem ligadas por um laço de sangue.

 

 

 

Filme sobre o reinado de Henrique Tudor de Inglaterra. Foi realizado por Justin Chadwick em 2008 e conta com a participação de Scarlett Johansson, Natalie Portman e Eric Bana.

Gostei do elenco.

Uma boa adaptação do romance de Philippa Gregory, sem no entanto ser extraordinária.

 

Na minha opinião o filme dispersa-se um pouco sobre muitos aspectos importantes a serem retratados desta época.

 

3/5


01
Set 09

Changeling

2008

 

Sinopse:

Christine Collins (Angelina Jolie) é uma mãe solteira que trabalha arduamente para sustentar o filho Walter de 9 anos. Certo dia Christine sai para trabalhar e deixa Walter sozinho em casa como já havia feito algumas vezes, mas quando regressa, não o encontra e apercebe-se que ele poderá ter sido raptado. Durante um ano Christine realiza uma busca incansável, no entanto nada consegue descobrir, até que certo dia o telefone toca e Christine receba a notícia que tanto ansiava…Walter está vivo e ser-lhe-á entregue. Mas rapidamente apercebe-se que a criança que lhe foi entregue pela policia não é Walter, pois este num espaço de um ano, não poderia ter mudado tanto. Enfrentando polícias corruptos e um público céptico, ela procura desesperadamente respostas, acabando por se ver confrontada com uma verdade que mudará a sua vida para sempre… Uma história muito comovente, baseada em factos reais (1928-1930).

 

Realização: Clint Eastwood

Intérpretes: Angelina Jolie,John Malkovich, Gattlin Griffith, Michelle Martin,Amy Ryan

 

Escusado será dizer que muitas eram as expectativas para este novo filme de Eastwood, recebido calorosamente em Cannes e aclamado pela crítica. “Changeling”, traduzido para Portugal como “A Troca”, é baseado numa história verídica, escrita por J. Michael Straczynski que demonstra a corrupção da polícia de Los Angeles naquela época, e a vontade de uma mãe em recuperar o seu filho a todo o custo.

 

 

Se o filme não fosse baseado em factos reais eu diria que era uma história inacreditável. É uma dura realidade constatar até onde vai a insensibilidade do ser humano. Durante todo o filme não parava de me perguntar como era possível todos os acontecimentos poderem realmente ter acontecido. Por tudo isto, vale a pena ver.

 

PRÉMIOS:

 

[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Art Direction "James J. Murakami" (art director) "Gary Fettis" (set decorator)
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Tom Stern"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actress in a Leading Role "Angelina Jolie"

4/5


27
Ago 09

The Painted Veil

2006

 

Sinopse

Passado nos anos 20, O Véu Pintado conta-nos a história de um jovem casal britânico - Walter, um médico da classe média e Kitty, uma mulher da alta sociedade - que casam pelas razões erradas e se mudam para Xangai, onde ela se apaixona por um outro homem. Quando Walter descobre que a mulher lhe é infiel, leva-a consigo para uma aldeia remota da China, devastada por uma mortífera epidemia, num acto de vingança. A sua viagem traz um novo significado à sua relação e à sua essência, num dos mais belos e remotos lugares ao cimo da Terra.

 

Realização: John Curran

Intérpretes: Naomi Watts, Edward Norton, Liev Schreiber

 

Adaptação do livro:

Maugham, W. Somerset, "

Painted Veil, The

", 1925

 

 

 

 

 

PRÉMIOS:

 

[2007] Ganhou o Golden Globe: Best Original Score - Motion Picture "Alexandre Desplat"
 

3/5


06
Ago 09

He's Just Not That Into You

2009

 

Se alguma vez já esteve sentada à frente do telefone a perguntar-se porque razão ele disse que ligava mas não liga, ou se não percebe o porquê dela não querer ir mais para a cama consigo, ou porque diabo a sua relação não avança para o nível seguinte… ele (ou ela) talvez não estejam mesmo nessa…

Baseado no popular dos argumentistas de “O Sexo e a Cidade”, Greg Behrendt e Liz Tuccillo, “Ele Não Está Assim Tão Interessado” conta a história cruzada de um grupo de vintões e trintões de Baltimore, enquanto estes navegam através das suas várias relações, desde o vazio da cena do engate até aos terrenos profundos mas escorregadios da vida marital, mas tentando sempre ler da melhor maneira os sinais que lhe são enviados pelo sexo oposto.

 

Realização: Ken Kwapis

Intérpretes: Ben Affleck, Jennifer Aniston, Drew Barrymore, Jennifer Connelly, Bradley Cooper, Scarlett Johansson, Justin Long

 

 

 

Numa realização discreta e elementar, Ken Kwapis transforma o que podia ser uma simples comédia romântica para ver num domingo à tarde, numa fantástica descoberta do amor, numa obra quase documental acerca dos bons e dos maus aspectos das relações amorosas e dos compromissos. O início do filme é uma espécie de curta-metragem genial, que nenhuma relação pessoal óbvia tem com o resto do filme, mas que funciona na perfeição como uma breve introdução para o tema que irá ser tratado ao longo da obra: o facto de ele estar ou não interessado nela. Os separadores utilizados para dividir os diversos aspectos do interesse do homem, ao longo do filme, são também marcos de comédia e do carácter educativo do filme.

 

Ele não está assim tão interessado conta com um elenco diversificado e brilhante, que por si só é um autêntico chamariz às salas de cinema. Surpreendentemente, o realizador optou por atribuir a dois dos actores mais desconhecidos, Ginnifer Goodwin e Justin Long, o par romântico mais influente na história do filme, o mais relevante devido aos diálogos geniais entre as duas personagens, acerca do amor. É um verdadeiro filme de personagens, que gira à volta dos pares românticos e das emoções provocadas pelo estado das suas relações.

 

O que tem de comédia, pode também ter de drama; o que tem de romance, tem decerto também de veracidade. É definitivamente um filme para ver com a cara-metade, mas não se iludam: no amor, tal como em tudo na vida, nem sempre as coisas correm como planeado, e nem sempre as pessoas acabam felizes para sempre. Há sempre excepções. Ou serão regras?

 

Um excelente elenco!

 

2/5


30
Jul 09

The Boy in the Striped Pyjamas

2008

 

Um rapaz de oito anos, Bruno, é o protegido filho de um agente nazi cuja promoção leva a família a sair da sua confortável casa em Berlim para uma despovoada região onde Bruno não encontra nada para fazer nem ninguém com quem brincar. Esmagado pelo aborrecimento e traído pela curiosidade, Bruno ignora os constantes avisos da mãe para não explorar o jardim, por detrás da casa, e dirige-se à quinta que viu ali perto. Nesse local, Bruno conhece Shmuel, um rapaz da sua idade que vive numa realidade paralela, do outro lado da vedação de arame farpado. O encontro de Bruno com este rapaz de pijama às riscas vai arrancá-lo da sua inocência e resultar no despontar da sua consciência sobre o mundo adulto que o rodeia. Os repetidos e secretos encontros com Shmuel desaguam numa amizade com consequências inesperadas e devastadoras.

 

 

 

Realização: Mark Herman

Intérpretes: Asa Butterfield, Jack Scanlon, Amber Beattie,David Thewlis, Vera Farmiga

 

PRÉMIOS:

 

[2008] Ganhou o British Independent Film Award: Best Actress "Vera Farmiga"
[2008] Nomeado ao British Independent Film Award: Most Promising Newcomer "Asa Butterfield"
[2008] Nomeado ao British Independent Film Award: Best Director "Mark Herman"

5/5


Twilight

2008

 

Bella Swan foi sempre um pouco diferente, nunca se preocupando em ser uma das miúdas com estilo da sua escola secundária em Phoenix. Quando a sua mãe volta a casar e Bella vai viver com o seu pai na chuvosa pequena cidade de Forks, Washington, ela não espera grandes mudanças. Então conhece o misterioso e fascinante Edward Cullen, um rapaz diferente de todos os que já conhecera. Inteligente e divertido, ele vê a beleza interior de Bella. Rapidamente, Bella e Edward são levados por um apaixonado e decididamente pouco ortodoxo romance. Edward consegue correr mais rápido que um leão, consegue parar um carro em andamento com as suas próprias mãos – e não envelhece desde 1918. Como todos os vampiros, ele é imortal. Mas não tem presas e não bebe sangue humano; Edward e a sua família são únicos entre os vampiros na sua opção de vida. Para Edward, Bella é tudo aquilo por que ele esperou durante 90 anos – uma alma gémea. Mas quanto mas próximos eles ficam, mais Edward tem de lutar para resistir ao apelo animal do seu cheiro, que o poderia transportar para um delírio incontrolável. Mas o que irão Edward e Bella fazer quando James, Laurent e Victoria, os Nómadas, inimigos mortais dos Cullens, chegarem à cidade, à procura de Bella?

 

 

 

Realização: Catherine Hardwicke

Intérpretes: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Nikki Reed, Sarah Clarke

 

 3/5


Paris

2008

 

Esta é a história de um parisiense que adoece e se questiona sobre a morte. O seu estado dá-lhe um novo olhar sobre as pessoas com quem se cruza. Fá-lo encarar a morte de repente e pensar na vida, na vida dos outros, na vida da cidade que o rodeia. Vendedores, uma padeira, uma assistente social, um dançarino, um arquitecto, um professor, uma modelo, um imigrante clandestino dos camarões… todos se encontram reunidos nesta cidade, neste filme. Podem pensar que eles não são excepcionais mas, para cada um deles, a sua vida é única. Podem pensar que os problemas deles são insignificantes mas, para eles, são os mais importantes do mundo.

 

 

 

Realização: Cédric Klapisch

Intérpretes: Juliette Binoche, Romain Duris, Fabrice Luchini

 

2/5 


Vicky Cristina Barcelona

2008

 

Vicky e Cristina são as melhores amigas do mundo mas têm atitudes completamente diferentes no que toca ao amor. Vicky é sensata e está noiva de um respeitável jovem. Cristina é sexual e emocionalmente desinibida, sempre em busca de uma paixão arrebatadora. Quando Judy e Mark, parentes distantes de Vicky, se oferecem para recebê-las num Verão em Barcelona, elas aceitam imediatamente: Vicky quer passar o último mês de solteira a pesquisar para o mestrado e Cristina procura uma mudança de cenário para fugir dos destroços da sua última separação. Uma noite numa galeria de arte, Cristina, novamente em forma, instantaneamente fixa o olhar no mais intenso e provocador homem na sala, Juan Antonio, um belo pintor. Cristina fica ainda mais intrigada quando Judy lhe segreda que Juan Antonio teve uma relação tão explosiva com a sua ex-mulher, Maria Helena que até se tentaram matar. Mais tarde, quando Vicky e Cristina estão a jantar, Juan Antonio aproxima-se da mesa delas com uma proposta ousada: voarem com ele numa viagem de fim-de-semana para a cidade provincial de Oviedo, onde sugere que explorem as maravilhas culturais, bebam bons vinhos, e façam amor juntos. Vicky considera a proposta ofensiva mas Cristina fica encantada com o estilo directo de Juan e com o seu carisma e convence Vicky a acompanhá-los…

 

 

 

Realização: Woody Allen

Intérpretes: Javier Bardem, Penélope Cruz, Scarlett Johansson, Patricia Clarkson

 

Um delicioso filme para ver num final de tarde de verão.

PRÉMIO:

 

[2009]

Ganhou

o

Oscar

: Best Performance by an Actress in a Supporting Role

"Penélope Cruz"

 

4/5


28
Jul 09

Bella

2006

 

Duas pessoas que estão prestes a mudarem para sempre descobrem que por vezes é preciso perder tudo para finalmente apreciar as coisas que realmente interessam. Uma história acerca da vida, da família, das relações entre as pessoas e da nossa capacidade de amar, face ao inesperado.

 

 

Realização: Alejandro Gomez Monteverde

Intérpretes: Eduardo Verástegui, Tammy Blanchard, Manny Perez

 

Um filme que exalta a beleza da vida familiar, do perdão, do amor e da compaixão pelo próximo.


Bella é a primeira longa-metragem do mexicano Alejandro G. Monteverde, vencedor do prémio de melhor filme do júri popular do Festival de Toronto de 2006.

 

4/5


The Reader

2008

 

Na Alemanha pós- Segunda Grande Guerra Mundial o adolescente Michael Berg está doente, sente-se mal no meio da rua e é ajudado por Hanna, uma estranha com o dobro da sua idade. Michael recupera entretanto da escarlatina e vai à procura de Hanna para agradecer. Ambos são rapidamente arrastados para um apaixonado mas secreto caso amoroso. Michael descobre que Hanna adora que leiam para ela e a relação física entre eles intensifica-se. Hanna deixa-se cativar à medida que Michael lhe lê "A Odisseia", "Huck Finn" e "A Dama do Cachorrinho". Apesar da intensa relação entre eles, um dia Hanna desaparece misteriosamente e Michael fica confuso e de coração partido. Oito anos depois, Michael é um estudante de direito que observa julgamentos de alguns nazis e fica estupefacto ao ver Hanna sentada no banco dos réus. À medida que o passado de Hanna é revelado, Michael desvenda um grande segredo que irá ter impacto na vida de ambos.

 

Realização: Stephen Daldry

Intérpretes:
  Ralph Fiennes, Kate Winslet, David Kross,Bruno Ganz, Lena Olin

 

 PRÉMIOS:

 

[2009] Ganhou o Oscar: Best Performance by an Actress in a Leading Role "Kate Winslet"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Motion Picture of the Year "Anthony Minghella" "Sydney Pollack" "Donna Gigliotti" "Redmond Morris"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Chris Menges" "Roger Deakins"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Writing, Screenplay Based on Material Previously Produced or Published "David Hare"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Directing "Stephen Daldry"

 

5/5


Revolutionary Road

2008

 

A história de um jovem casal em busca de uma vida plena numa época marcada pelo conformismo. Aprisionados num mundo de convenções codificadas, eles sonham sem fé, à medida que as mentiras e a ilusão despoletam consequências explosivas.

 

 

 

Baseado no aclamado romance de Richard Yates.

 

Realização: Sam Mendes

Intérpretes:
Leonardo DiCaprio, Kate Winslet, Kathy Bates, Michael Shannon

 

Críticas:

 

“(...) o resultado é absolutamente hipnotizante e perturbador.”
Francisco Toscano Silva, Premiere

“É uma história que apenas uma grande experiência de vida sustenta. Espantosamente bem filmada”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

Kate Winslet e Leonardo DiCaprio de novo no cinema

 

 

 

 PRÉMIOS:

 

[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Art Direction "Kristi Zea" (art director) "Debra Schutt" (set decorator)
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actor in a Supporting Role "Michael Shannon"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Costume Design "Albert Wolsky"


3/5


Gran Torino

2008

 

As pessoas a quem Walt chamava vizinhos faleceram ou mudaram-se, e foram substituídas pelos Hmongs, imigrantes do sudeste asiático, que ele despreza. Uma noite, alguém tenta roubar o seu Gran Torino de 1972: o seu vizinho adolescente Thao, pressionado por um gang de Hmongs. No entanto, Walt defende o rapaz, o que o torna o herói do bairro, especialmente para a mãe de Thao e a irmã mais velha, Sue, que insistem que Thao trabalhe para Walt como forma de se redimir. Inicialmente, Walt nada quer ter a ver com essas pessoas, mas algum tempo depios coloca Thao a trabalhar, o que origina uma amizade improvável que vai mudar as suas vidas. Através da bondade da família de Thao, Walt finalmente compreende algumas verdades sobre as pessoas que ele não considerava vizinhos. E sobre si mesmo. Essas pessoas têm mais em comum consigo, do que ele tem com a sua própria família...

 

 

 

Realização: Clint Eastwood

Intérpretes: Clint Eastwood, Christopher Carley, Bee Vang

 

A crítica

 

“Em «Gran Torino», Clint Eastwood parece querer fazer as pazes com o seu passado, renegando as figuras justiceiras que interpretou e que através do poder de fogo mantinham uma paz podre, que o próprio Eastwood fazia questão de salientar em títulos como «Poder Absoluto» e «Mystic River». Num cenário actualíssimo em que proliferam os gangs, Eastwood identifica estes grupos desviantes como uma ameaça incontornável numa sociedade americana, onde a imigração atingiu níveis preocupantes. Isto não seria um problema para Dirty Harry, que empunhando a sua famosa Magnum 33, iria ao encalço dos bandidos exterminando-os um por um. Aliás, começa por ser precisamente assim que Walt Kowalski (Eastwood) resolve os seus problemas com as comunidades estrangeiras que vivem em seu redor, problema esse que não passa de uma questão territorial, exaltada várias vezes em frases como "saiam da minha propriedade" ou na luta pela posse do carro gran torino. Com o desenrolar da acção, Eastwood demonstra que a solução para estes problemas reside em transformar os "intrusos" membros produtivos para a sociedade, como que dizendo: "enquanto arranjam um telhado, não estão a assaltar a loja da esquina". Essa postura crítica para com a juventude de hoje fica bem expressa na deixa "what is wrong with the today's youth?", que tem tanto de lugar-comum como de verdadeiro. No final, Eastwood expurga os seus demónios, dando o corpo ao manifesto, sem deixar de fazer as pazes com as suas crenças espirituais, atacadas de forma veemente durante boa parte do filme e no passado em «Million Dollar Baby» e a espaços em «Mystic River». O filme ressente-se apenas de um certo estrangulamento espacial da acção, centrada quase sempre no quintal da casa de Walt, reforçando a questão da territorialidade que Eastwood parece querer criticar, sugerindo no último plano como que uma libertação para o exterior por parte de Thao (Bee Vang). Na actualidade existem muito poucos autores com boas mensagens e Eastwood pertence a uma minoria que ainda tem algo pertinente para dizer. Haja quem o oiça e veja, porque de facto merece.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

 

“GRAND TORINO é um grande filme, terno, realista, divertido e muito humano”
Luís Salvado, Premiere

 

“Jogo de espelhos entre o passado e o presente, GRAN TORINO está, no entanto, muito longe de esgotar o seu sentido num simples movimento de auto-referência”
Vasco Baptista Marques, Expresso

 

“(...) filme belo e comovente (...) GRAN TORINO é como o magnífico carro que está no título: qualquer coisa fora de moda, mas que se assume imponente”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

 

“Espalhem ao vento: "Gran Torino" é uma obra-prima.”
Vasco Câmara, Público

 

Jamie Cullum interpreta a canção-tema do filme «Gran Torino»

 

 

3/5

publicado por wandinha às 03:10

The Curious Case of Benjamin Button

2008

 

Eu nasci sob circunstâncias pouco usuais.

 

É assim que começa "O Estranho Caso de Benjamin Button", adaptado a partir da história de F. Scott Fitzgerald, sobre um homem que nasce com oitenta anos e regride na sua idade: um homem, como qualquer um de nós, que é incapaz de parar o tempo.

 

O filme conta a história de Benjamin e da sua "viagem" fora do comum, das pessoas e lugares que descobre ao longo do seu caminho, dos seus amores, das alegrias da vida e da tristeza da morte, e daquilo que dura para além do tempo.

 

 

Realização: David Fincher

Intérpretes: Brad Pitt, Cate Blanchett, Taraji P. Henson,Julia Ormond, Tilda Swinton

 

O realizador David Fincher trabalha de novo com Brad Pitt na adaptação livre do conto de F. Scott Fitzgerald, escrito em 1922,

 

A crítica

 

“Objectivamente falando, estamos perante um filme que pouco ou nada de novo nos apresenta em termos académicos ao cinema. Fincher nem sequer parece esforçar-se minimamente em oferecer alguma coisa pioneira com este filme. Antes, pretende que o espectador saboreie a fascinante história de Benjamin Button (encarnada por um Brad Pitt ao nível de «Babel» e «Fight Club»), um homem que nasce velho e morre novo. Mas é precisamente essa postura naïve e despretensiosa que faz deste filme um obra soberba, mesmo nos momentos mais parados e em sequências simbólicas que pouco ou nada acrescentam à história. Fincher quis fazer uma película «bigger than life», mas acaba realizando uma sóbria obra de requinte com pormenores que roçam a perfeição.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

 

 

“(...) o resultado é tão bom precisamente por vir servido com o habitual lado negro que é marca registada de Fincher (...) uma história rara, com uma candura sincera”
Inês Gens Mendes, Premiere

 

“(...) abunda em apontamentos decorativos e/ou delicodoces e cujos sucessivos flashbacks retiram espontaneidade à narrativa (...) é uma surpresa encontrar David Fincher a abraçar sem segundas intenções os dramas das suas personagens.”
Vasco Baptista Marques, Expresso

 

“Fincher consegue transformar este conto de poético absurdo numa imensa e fascinante parábola sobre a América do século XX.”
João Lopes, Notícias Sábado

 

PRÉMIOS:

 

[2009] Ganhou o Oscar: Best Achievement in Makeup "Greg Cannom"
[2009] Ganhou o Oscar: Best Achievement in Art Direction "Donald Graham Burt" (art director) "Victor J. Zolfo" (set decorator)
[2009] Ganhou o Oscar: Best Achievement in Visual Effects "Eric Barba" "Steve Preeg" "Burt Dalton" "Craig Barron"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Claudio Miranda"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Directing "David Fincher"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Music Written for Motion Pictures, Original Score "Alexandre Desplat"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Motion Picture of the Year "Kathleen Kennedy" "Frank Marshall" "Ceán Chaffin"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actress in a Supporting Role "Taraji P. Henson"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Editing "Kirk Baxter" "Angus Wall"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Costume Design "Jacqueline West"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Sound "David Parker" "Michael Semanick" "Ren Klyce" "Mark Weingarten"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actor in a Leading Role "Brad Pitt"
[2009] Nomeado ao Oscar: Best Writing, Screenplay Based on Material Previously Produced or Published "Eric Roth" (screenplay/story) "Robin Swicord" (story)

 

3/5


Blindness

2008

 

Uma cidade é devastada por uma epidemia instantânea de "cegueira branca". Face a este surto misterioso, os primeiros indivíduos a serem infectados são colocados pelas autoridades governamentais em quarentena, num hospital abandonado. Cada dia que passa aparecem mais pacientes, e esta recém-criada “sociedade de cegos” entra em colapso. Tudo piora quando um grupo de criminosos, mais poderoso fisicamente, se sobrepõe aos fracos, racionando-lhes a comida e cometendo actos horríveis. Há, porém, uma testemunha ocular a este pesadelo: uma mulher, cuja visão não foi afectada por esta praga, que acompanha o seu marido cego para o asilo. Ali, mantendo o seu segredo, ela guia sete desconhecidos que se tornam, na sua essência, numa família. Ela leva-os para fora da quarentena em direcção às ruas deprimentes da cidade, que viram todos os vestígios de uma civilização entrar em colapso. A viagem destes é plena de perigos, mas a mulher guia-os numa luta contra os piores desejos e fraquezas da raça humana, abrindo-lhes a porta para um novo mundo de esperança, onde a sua sobrevivência e redenção final reflectem a tenacidade do espírito humano.

 

 

 

Realização: Fernando Meirelles

Intérpretes:
Julianne Moore, Mark Ruffalo, Alice Braga,Danny Glover, Gael García Bernal, Sandra Oh

 

Adaptação do livro

Ensaio Sobre a Cegueira, José Saramago,1995

 

a crítica

“Carregar o fardo de tão proeminente obra literária poderia ser fatal para a adaptação de Fernando Meirelles, ainda mais porque o realizador brasileiro andou literalmente a perseguir anos a fio José Saramago, para que este cedesse direitos e qualquer resultado que não fosse muito acima da média, seria rapidamente rotulado de fracasso. Ainda mais reservas se colocaram quando para o efeito, foram contratados actores que não atravessam grandes momentos como Julianne Moore, Danny Glover e mesmo o instável Mark Ruffalo capaz do bom, mas também do muito mau. Felizmente, toda a dimensão crítica e metafórica da obra do escritor português é preservada, através de uma ferocidade visual que equivale a um valente murro no estômago. As lágrimas de Saramago no visionamento privado ficam para a posteridade.”


Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

“Um grande filme, um projecto muito ambicioso, uma verdadeira meditação sobre a nossa época, que não é de fácil fruição, mas que não vai deixar o espectador indiferente”


José Vieira Mendes, Premiere

“Em termos de cinematografia, a escrita do argumento é pobre e desinspirada, mas o trabalho de Meirelles agrava a situação ao não conseguir explorar a força dramática contida em certas situações e conflitos.”


Manuel Cintra Ferreira, Expresso

 

Do livro ao filme:

  

 

3/5


Austrália

2008

 

Austrália é uma aventura épica e romântica, passada no início da segunda guerra mundial. Conta a história de uma aristocrata inglesa, Lady Sarah Ashley, cujo marido, desesperado por arranjar dinheiro, passou o último ano na Austrália, preparando a venda do seu último bem: uma quinta de gado do tamanho de uma pequena cidade, chamada "Faraway Downs". Suspeitando dos seus planos, Sarah viaja num hidroavião para este continente longínquo, com destino à tropical e remota Darwin, para tomar as rédeas do assunto. No entanto, ela é recebida, não pelo marido, mas sim por um rude e mal-educado vaqueiro, apenas conhecido como "O Condutor". Sarah é transformada pelo poder e pela beleza do continente mais antigo do mundo, encontrando romance na paisagem, paixão no condutor de gado e amor maternal em Nullah, uma criança aborígene. Mas, quando a segunda guerra mundial chega também à costa da Austrália, esta família invulgar é separada. Agora Sarah, "O Condutor" e Nullah têm que lutar para se reencontrarem no meio da tragédia e caos dos bombardeamentos japoneses a Darwin.

 

 

Realização: Baz Luhrmann

Intérpretes:

 

Nicole Kidman, Hugh Jackman, David Wenham

 

Behind the scenes:

 

 

PRÉMIOS:

 

[2009] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Costume Design "Catherine Martin"
 

3/5

publicado por wandinha às 02:17

My Blueberry Nights

2007

 

Sinopse

Elizabeth (Norah Jones), uma jovem mulher desencantada, embarca numa viagem de reencontro emocional para esquecer um cKoração partido. À medida que as feridas emocionais começam a desaparecer, as experiências de Elizabeth com uma série de estranhos levam-na a novos e inesperados capítulos na sua vida. Dos devaneios poéticos do proprietário de um café (Jude Law), às propostas desesperadas de uma jogadora numa maré de azar (Natalie Portman), ao laço quebrado entre um polícia perturbado (David Strathairn) e a sua rebelde esposa (Rachel Weisz), estes indivíduos redefinem a perspectiva de Elizabeth sobre a vida, os relacionamentos e finalmente a sua própria identidade. Lentamente, Elizabeth começa a desligar-se do passado descobrindo um novo caminho para si - em direcção ao verdadeiro amor.

 

 

 


Intérpretes: Norah Jones,Jude Law, David Strathairn, Natalie Portman, Rachel Weisz

Realização:

Kar Wai Wong

 

 

a crítica

“Uma delícia os sentidos.”


João Antunes, Jornal de Notícias

 

 

 

 

4/5


Silk

2007

 

Passado no Séc. XIX, um contrabandista francês, casado, viaja para o Japão para recolher seda e aí encontra uma mulher inglesa, concubina dum chefe local, pela qual fica apaixonado. Sem falarem a mesma língua, comunicam através de cartas, até rebentar a guerra.

 

 

 

Realização: François Girard

Intérpretes: Keira Knightley, Michael Pitt, Kôji Yakusho, Alfred Molina

 

a crítica

“O realizador de O VIOLINO VERMELHO volta a apelar aos saudosos de um cinema épico e romântico, onde as emoções transbordam e o ecrã se enche de beleza e sensualidade.”


João Antunes, Jornal de Notícias

 

 

Baseado no romance best-seller de Alessandro Baricco, SEDA é um comovente drama, tecido com um material de etérea fragilidade.

 

É um filme de enorme beleza visual e que nos fala de um romance arrebatador. Um épico histórico e dramático, onde o Ocidente se encontra com o Oriente.

 

 3/5


The English Patient

1996

 

Sinopse

No final da Segunda Guerra Mundial, um desconhecido que teve queimaduras generalizadas quando o seu avião foi abatido e é conhecido apenas como o paciente inglês, recebe os cuidados de uma enfermeira canadiana. Gradualmente ele começa a contar o grande envolvimento que teve com a mulher do seu melhor amigo e de como este amor foi fortemente correspondido. Mas da mesma forma que determinadas lembranças lhe surgem na mente, outros detalhes parecem não vir à memória como se ele quisesse que tais factos continuassem enterrados e esquecidos.

 

 

 

Realização: Anthony Minghella

Intérpretes
Ralph Fiennes, Juliette Binoche, Willem Dafoe, Kristin Scott Thomas, Naveen Andrews, Colin Firth

 

a crítica

“(...) história que combina a aventura e o romance com uma intensidade, um arrebatamento romanesco uma convicção e uma complexidade como há muito tempo não se via na tela.”


Eurico de Barros, Diário de Notícias

 

Vencedor de nove Óscares, incluindo os de Melhor Realizador (Anthony Minghella) e Melhor Filme.

 

PRÉMIOS:

[1997] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Performance by an Actress in a Supporting Role "Juliette Binoche"
[1997] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Editing "Walter Murch"
[1997] Ganhou o Anthony Asquith Award for Film Music: "Gabriel Yared"
[1997] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Screenplay - Adapted "Anthony Minghella"
[1997] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Film "Saul Zaentz" "Anthony Minghella"
[1997] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Cinematography "John Seale"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Production Design "Stuart Craig"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Performance by an Actor in a Leading Role "Ralph Fiennes"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Costume Design "Ann Roth"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Sound "Mark Berger" "Pat Jackson" "Walter Murch" "Christopher Newman" "David Parker" "Ivan Sharrock"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Performance by an Actress in a Leading Role "Kristin Scott Thomas"
[1997] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Make Up/Hair "Fabrizio Sforza" "Nigel Booth"
[1997] Nomeado ao David Lean Award for Direction: "Anthony Minghella"

 

3/5


Caramel

2007

 

Sinopse

Em Beirute, cinco mulheres reúnem-se frequentemente num salão de beleza, um microcosmos altamente colorido onde várias gerações se cruzam umas com as outras, falam e contam segredos. Layale é a amante de um homem casado e ela ainda tem esperança de que ele deixe a mulher. Nisrine é uma muçulmana e irá casar-se brevemente. Mas ela já não é virgem e está preocupada com a reacção que o seu noivo vai ter. Rima é atormentada pela sua atracção por mulheres em especial por uma cliente do salão que vem tratar do cabelo. Jamale é obsessivo por ela.

 

 

Realização:  Nadine Labaki

Intérpretes: Nadine Labaki, Yasmine Elmasri, Joanna Moukarzel

 

A crítica:

 

“O formato é familiar, mas Labaki evita quer o panfleto «direitos da mulher» quer o melodrama de juntar por números, e assina um filme pleno de credibilidade humana, emocional, social e narrativa.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias

 

“(...) nada tem de macambúzio, é cheio da energia de quem acha que se há-de dar uma volta à vida, seja lá como for, as feridas saram, nada de resignações. Um filme vitalista, contangiante”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

 

“Nada disto, bem se vê, prima pela originalidade e nem os estereótipos estão minados para que se sinta um gostinho a subversão.”
Gonçalo Frota, Sol

 

3/5

publicado por wandinha às 00:31

 

Atonement

2007

 

Sinopse

No dia mais quente do Verão de 1935, Briony Tallis, uma jovem de 13 anos, vê a sua irmã mais velha, Cecilia, despir as suas roupas e mergulhar na fonte do jardim da sua casa de campo. Junto a Cecilia, está o filho do caseiro, Robbie Turner, um amigo de infância que, tal como com a irmã de Briony, se diplomou recentemente em Cambridge. No final desse dia, a vida dos três personagens terá mudado para sempre. Robbie e Cecilia terão ultrapassado uma fronteira, da qual nunca antes tinham ousado sequer aproximar-se, e ter-se-ão tornado vítimas da imaginação vívida da jovem. Briony, por seu lado, terá cometido um terrível crime, que procurará expiar toda a sua vida…

 

 

Realização: Joe Wright

Intérpretes:Keira Knightley, James McAvoy, Romola Garai, Brenda Blethyn, Vanessa Redgrave, Anthony Minghella

 

Adaptação do Livro:

McEwan, Ian, "Atonement", 2001

 

A crítica

 

“Joe Wright («Orgulho e Preconceito») realiza este surpreendente filme baseado na obra literária de Ian McEwan, requisitando mais uma vez os préstimos de Keira Knightley, num drama passado em Inglaterra de 1935 no despoletar da Segunda Guerra Mundial.
O sucesso do filme de Wright está na soberba articulação entre tempo e o espaço, não descurando a dimensão dramática do argumento. A opção por cuidadosos planos aproximados e por uma banda sonora de antologia da autoria de Dário Marianelli, revelam um cuidado especial em manter a cumplicidade entre filme e espectador, e na qual reside outra das mais valias de «Expiação». James McAvoy e Keira Knightley também brilham e a jovem Saoirse Ronan sublinha a qualidade do infindável espólio da máquina Hollywoodesca em matéria de actores para o futuro. Um filme obrigatório, como devem calcular.”
Paulo Figueiredo, Cinema PTGate

 

 

“Joe Wright reconduz o melodrama a pináculos que há muito não se viam (...) Num filme onde a câmara é de exemplar virtuosismo, os actores não são, contudo, de somenos importância.”
Jorge Leitão Ramos, Expresso

 

“EXPIAÇÃO é um filme deformado, com dupla personalidade: a literatura e o melodrama arrevezado convivem mal.”
Eurico de Barros, Diário de Notícias

 

“(...) um daqueles épicos maiores que a vida, um inteligentíssimo e sofisticado exemplar de grande cinema. De cinema mesmo grande.”
Ana Markl, Sol

 

“São essas qualidades - inteligência, elegância, modernidade - que reencontramos na segunda longa-metragem de Wright (...) Joe Wright falha a grandeza por excesso de confiança. O que não invalida que este seja um bom filme que se sai com inteligência de um difícil caderno de encargos.”
Jorge Mourinha, Público

 

PRÉMIOS:

 

[2008] Ganhou o Oscar: Best Achievement in Music Written for Motion Pictures, Original Score "Dario Marianelli"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Art Direction "Sarah Greenwood" (art director) "Katie Spencer" (set decorator)
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Costume Design "Jacqueline Durran"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Performance by an Actress in a Supporting Role "Saoirse Ronan"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "Seamus McGarvey"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Motion Picture of the Year "Tim Bevan" "Eric Fellner" "Paul Webster"
[2008] Nomeado ao Oscar: Best Writing, Screenplay Based on Material Previously Produced or Published "Christopher Hampton"

 

3/5


27
Jul 09

il Postino

1994

 

Mario é um carteiro desastrado que está loucamente apaixonado pela mulher mais bonita da cidade… e que é demasiado tímido para lhe dizer o que sente por ela. Mas quando um poeta mundialmente famoso – Pablo Neruda – inesperadamente se muda para a cidade, Mário ganha inspiração. Com a ajuda de Neruda, ele encontra as palavras certas para conquistar o coração da sua amada! Esta comédia inesquecível prova que a paixão, com alguma astúcia, pode ganhar o amor mais improvável!

 

Aplaudido pelos críticos e públicos de todo o mundo, “O Carteiro de Pablo Neruda” é um filme recordista, galardoado com um Óscar® da Academia, uma comédia romântica muito divertida que toca todos os corações! Realizado por Michael Radford e repleto de amizade, amor e poesia, esta é a magnífica história do carteiro que quer conquistar a sua amada e do poeta que lhe mostra o poder das palavras. Com momentos hilariantes e à luz ocre de uma ilha italiana do mediterrâneo, “O Carteiro de Pablo Neruda” é um indiscutível marco do cinema, que esteve em sala em Portugal por tempo recorde. Um brinde à ternura, à sensualidade e às metáforas de Neruda.

 

O “Carteiro de Pablo Neruda” foi Galardoado com o Óscar® da Academia de Melhor Banda Sonora, tendo ainda sido nomeado para os Óscares® de Melhor Actor – Massimo Troisi , Melhor Realizador – Michael Radford, Melhor Fotografia e Melhor Argumento Adaptado.

 

Marcado pelo carisma de Massimo Troisi que sofreu várias vezes de problemas cardíacos no decorrer das filmagens, acabando mesmo por falecer algum tempo depois, a personagem de Mário, o carteiro, ficará para sempre gravada no imaginário de todos aqueles que viram este filme.

 

 

Realização:
Michael Radford

Intérpretes

Philippe Noiret, Massimo Troisi, Maria Grazia Cucinotta

 

Simplesmente delicioso!!! Para ver e rever.

 

PRÉMIOS:

 

[1996] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Film not in the English Language "Mario Cecchi Gori" "Vittorio Cecchi Gori" "Gaetano Daniele" "Michael Radford"
[1996] Ganhou o David Lean Award for Direction: "Michael Radford"
[1996] Ganhou o Anthony Asquith Award for Film Music: "Luis Enríquez Bacalov"
[1996] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Performance by an Actor in a Leading Role "Massimo Troisi"
[1996] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Screenplay - Adapted "Anna Pavignano" "Michael Radford" "Furio Scarpelli" "Giacomo Scarpelli" "Massimo Troisi"

5/5


 

The Piano

1993

 

Sinopse

O Piano retrata a sofrida trajectória de Ada McGrath, uma mulher que não fala desde os seis anos de idade e se muda para a Nova Zelândia recém-colonizada. Na companhia da filha, ela conhece o seu futuro marido, com o qual não simpatiza. Para piorar a situação, o noivo, Alisdair Stewart, recusa-se a transportar o piano de Ada, que é sua maior paixão. Porém, o administrador George Baines, imediatamente interessado na mulher, adquire o instrumento e promete devolvê-lo caso ela lhe ensinasse a tocá-lo. Com o tempo, as tais aulas de piano vão-se tornando encontros sexuais e os dois acabam descobrindo o verdadeiro amor...

 

 

Realização: Jane Campion

Intérpretes: Holly Hunter, Harvey Keitel, Sam Neill, Anna Paquin, Kerry Walker

 

PRÉMIOS:

 

[1994] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Production Design "Andrew McAlpine"
[1994] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Actress "Holly Hunter"
[1994] Ganhou o BAFTA Film Award: Best Costume Design "Janet Patterson"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Score "Michael Nyman"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Editing "Veronika Jenet"
[1994] Nomeado ao David Lean Award for Direction: "Jane Campion"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Screenplay - Original "Jane Campion"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Film "Jan Chapman" "Jane Campion"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Cinematography "Stuart Dryburgh"
[1994] Nomeado ao BAFTA Film Award: Best Sound "Lee Smith" "Tony Johnson" "Gethin Creagh"
publicado por wandinha às 23:00
Poeiras soltas: ,

 

The Hours
Realizado por Stephen Daldry
EUA 2002
 
 

Um dia na vida de três mulheres, em três Eras diferentes. O suicídio de Virginia Woolf (Kidman), em 1941, abre o filme, mas a acção à qual a personagem histórica é central desenrola-se em 1923, quando a escritora vivia em Richmond, com o marido Leonard (Dillane), que a rodeia de cuidados extremos, devido ao seu historial de instabilidade mental. Em Los Angeles, 1951, Laura Brown (Moore), vive com o filho Richie (Rovello) e o marido Dan (Reilly). Laura não consegue enfrentar a vida de dona de casa nos subúrbios, deprimindo-se com as mais pequenas coisas, como o seu fracasso na confecção de um bolo de aniversário ou a atenção requerida pelo filho. Nova Iorque, 2001: Clarissa Vaughan (Streep) organiza uma festa para comemorar a atribuição de um importante prémio à obra poética de Richard (Harris), seu amigo (e ex-amante),debilitado pela SIDA.

 

Intérpretes: Meryl Streep,Julianne Moore, Nicole Kidman, Ed Harris, Toni Collette, John C. Reilly, Jeff Daniels, Miranda Richardson, Allison Janney, Eileen Atkins

 

 

 

 

Adaptação do livro:

"The Hours" Michael Cunningham, 1998

 

 PRÉMIOS:

 

[2003] Ganhou o Oscar: Best Actress in a Leading Role "Nicole Kidman"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Picture "Scott Rudin" "Robert Fox"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Editing "Peter Boyle"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Costume Design "Ann Roth"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Actor in a Supporting Role "Ed Harris"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Writing, Adapted Screenplay "David Hare"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Music, Original Score "Philip Glass"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Director "Stephen Daldry"
[2003] Nomeado ao Oscar: Best Actress in a Supporting Role "Julianne Moore"
 
 

 

The Bridges of Madison County

1995

 

Realização: Clint Eastwood

Intérpretes: Clint Eastwood ,Meryl Streep , Annie Corley, Victor Slezak, Jim Haynie

 

 

SINOPSE
Robert Kincaid, jornalista fotográfico da National Geographic e Francesca Johnson, uma dona de casa do Iowa, não estavam à procura de qualquer reviravolta nas suas vidas. Cada um já tinha chegado a um ponto da vida em que as expectativas pertenciam ao passado. Contudo, quatro dias depois de se conhecerem não querem perder o amor que encontraram. Meryl Streep premiada com Oscares da Academia (foi nomeada pela 10ª vez por esta interpretação) e Clint Eastwood (que produziu e realizou o filme) encantam com uma brilhante e poderosa interpretação dos personagens criados pelo escritor Robert James Waller neste best-seller de amor, decisões e consequências. O Entertainment Weekly afirma: "Streep e Eastwood, tanto em imagem como em espírito, estão tão perfeitos que parecem sair das páginas do livro". Também perfeitos estão os pequenos detalhes e as grandes emoções do grande amor de uma vida. Com sorte, mais cedo ou mais tarde, um amor destes acontece na vida de cada um. Para Robert e Francesca foi tarde. Mas foi glorioso.
 

5/5


24
Jul 09

The Phantom of the Opera

 

O Fantasma da Ópera é um estrondoso musical criado por Andrew Lloyd Webber, que se encontra em diversas versões cinematográficas. Baseia-se num livro de Gaston Leroux, que já sofreu muitas adaptações, não deixando porém, de manter a história base.

E essa história é nem mais nem menos do que uma história de amor impossível, de um génio da arte que vive escondido nas catacumbas de um teatro, devido a uma deformação no seu rosto e da prima-donna desse mesmo taetro.

 

A última versão cinematográfica, foi levada a cabo por Joel Schumacher em 2004, intitulando-se "The Phanton of the Opera".

 

País: EUA, Reino Unido


Géner: Musical, Drama, Romance


Realização: Joel Schumacher

intérpretes: Gerard Butler ,Emmy Rossum ,Patrick Wilson ,Miranda Richardson ,Minnie Driver

Sinopse

Quando a diva La Carlotta abandona a companhia de teatro a meio de um ensaio, a produção não tem outra alternativa senão chamar a inocente Christine. A hipnotizante noite de estreia seduz não só o público como o Fantasma, um desfigurado génio que trabalha secretamente nas catacumbas do teatro. O Fantasma faz dela a sua protegida e quer torná-la a próxima estrela, mas fica furioso quando Christine é cortejada pelo Visconde Raoul de Chagny...

 

a crítica

“Quem as ouviu ao vivo no musical pode e deve esperar deste FANTASMA DA ÓPERA um fiel e espectacular «upgrade» para cinema. Quem não viu o musical, pode e deve esperar um espectáculo de filme. Frenético, colorido, feérico, arrebatador. Um «must» para esta temporada.”


Vítor Moura, Premiere

“Nesta versão para cinema, Joel Schumacher faz-lhe inteira justiça (...) dá-nos um espectáculo cheio de som, luxo e arrebatamento cénico que os apreciadores hão-de adorar. Há peso e pose intemperados? Evidentemente.”


Jorge Leitão Ramos, Expresso

 

Trailer:

 

 

A Time for Us

 

 

 

 

 

No one would listen

 

Site oficial : http://phantomthemovie.warnerbros.com

 

PRÉMIOS:

 

[2005] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Music Written for Motion Pictures, Original Song "Andrew Lloyd Webber" (composer) "Charles Hart" (lyricist) For the song "Learn To Be Lonely".
[2005] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Art Direction "Anthony Pratt" (art director) "Celia Bobak" (set decorator)
[2005] Nomeado ao Oscar: Best Achievement in Cinematography "John Mathieson"

 

publicado por wandinha às 03:53

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


pesquisar neste blog
 
comentários recentes
eu não assisti o filme mais onde o lindo a...
Your content is incredible, can\'t wait for more i...
também é um dos meus favoritos.confesso que adapta...
Este filme é bonito, tanto para a história é muito...
adorei foi o ,elhor filme q eu ja vii
Se o filme não fosse baseado em factos reais eu di...
Um belíssimo filme com imagens fantásticas.
Uma comédia romântica engraçada com um excelente e...
Um comovente filme que nos deixa sem palavras do i...
Simplesmente delicioso!!! Para ver e rever.
blogs SAPO